Confissões do Latinfúndio

latifúndio


por Pedro Casaldáliga
(Bispo jubilado de Sao Felix do araguaia, MT)

Por onde passei,
plantei
a cerca farpada,
plantei a queimada.
Por onde passei,
plantei
a morte matada.
Por onde passei,
matei
a tribo calada,
a roça suada,
a terra esperada…
Por onde passei,
tendo tudo em lei,
eu plantei o nada.

20071129gurupi
Anúncios

1 Comentário

  1. Meire said,

    16 de setembro de 2009 às 16:45

    Fábio teu blog tá muito bom.
    Visualmente limpo, e com ótimos textos.
    Tenho um blog do WordPress, mas não sei nada da PHP, e o meu blog do blogger está com um visual muito pouído.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: