Semana da (In)dependência

Semana da Pátria: o Brasil realmente é independente?

Nesta semana, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou que “o pagamento da dívida com o FMI tornou o país independente”, e que agora o país deixou de ser devedor e passou a ser credor.

Porém, na realidade, o pagamento ao FMI, feito ao final de 2005, significou o pagamento de uma dívida ilegítima e nunca auditada, desrespeitando a Constituição Federal. O pagamento ao FMI foi feito às custas de mais dívida interna, com juros maiores e prazos menores. Portanto, não é correto dizer que a dívida teria acabado. Na verdade, ela não pára de crescer.

Além do mais, as imposições feitas pelo FMI continuam vigentes, e sendo constantemente aplicadas pelo governo, como o superávit primário (cortes de gastos sociais para o pagamento da dívida). Prova disso é a afirmação do secretário do Tesouro, Arno Augustin, também nesta semana, dizendo que : “Cortaremos despesas para atingir meta” de superávit primário.

As reformas impostas pelo FMI continuam vigentes, a exemplo da Previdenciária e da Tributária, que sacrifica os trabalhadores para privilegiar os rentistas. Por isso, infelizmente, não se pode dizer que o Brasil é independente.

Fonte: http://www.lucianagenro.com.br/2010/09/a-semana-vista-pelo-psol-53/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: