Liberdade e instabilidade

por Flávio Gikovate*

“Uma das fontes de tristeza está relacionada com a incerteza característica da nossa condição. Nesse aspecto, estamos vivendo cada vez pior.

A incerteza se atenua quando se fixam algumas variáveis, como era antes: se morava no mesmo bairro, se casava “até que a morte os separe”…

A liberdade tem aumentado, mas a incerteza também: nos acostumamos a muitos bens materiais e a instabilidade profissional só tem crescido.

Viver na corda bamba não é nossa especialidade e é assim que temos vivido. Não espanta que o consumo de drogas (lícitas ou não) só cresça!

É preciso refletir criticamente sobre as mudanças que têm acontecido. Nem todos os avanços vêm acompanhados de melhora na qualidade de vida.”

 

*Flávio Gikovate é médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor brasileiro. É apresentador do programa “No Divã do Gikovate”, de segunda a sexta, às 22h15, na rádio CBN.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: