Identidade – Mia Couto

PARATY (RJ) - 06 DE JULHO. O escritor Mia Couto concede entrevista coletiva durante a FLIP 2007. (Foto: Tuca Vieira).

“Preciso ser um outro

para ser eu mesmo

Sou grão de rocha

Sou o vento que a desgasta

Sou pólen sem insecto

Sou areia sustentando

o sexo das árvores

Existo onde me desconheço

aguardando pelo meu passado

ansiando a esperança do futuro

No mundo que combato morro

no mundo por que luto nasço”

Mia Couto*, in “Raiz de Orvalho e Outros Poemas

*Mia Couto é natural da Beira, Moçambique, e considerado um dos nomes mais importantes da nova geração de escritores africanos de língua portuguesa.

Anúncios

1 Comentário

  1. maria luiza assumpção silva said,

    19 de outubro de 2011 às 20:49

    Profundo. Maravilhoso !!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: