Duque de Caxias: brincando de educar

O prefeito de Duque de Caxias José Camilo Zito dos Santos e sua comitiva estão percorrendo as escolas do município distribuindo brinquedos para os alunos da rede pública.

O SEPE CAXIAS PERGUNTA?

De onde vem a verba usada para compra destes brinquedos?

Por que esta verba não é usada na compra de materiais escolares em falta nas escolas?

Por que não foi  usada para compra de uniformes escolares para este ano letivo?

Por que não é usada para melhoria da merenda escolar e na construção de novas escolas?

Por que não é usada na construção de cisternas para evitar as constantes falta d’água nas UEs?

 

Enfim, são tantos os “porquês”…  Alguém deve explicar isso!

A direção do Sepe Caxias informa que irá fazer uma denúncia formal ao ministério público sobre mais esta ação da PMDC e a Câmara de vereadores.  Denunciando, também, que a secretaria de Educação anunciou na imprensa o aumento de 16 mil vagas na rede municipal por conta do aumento do número de alunos por salas, provocando super lotação das salas, sem respeitar a realidade, inclusive física, de cada UE.

Neste sentido, o Sepe Caxias, convoca a categoria da Rede Municipal para uma paralisação de vinte quatro horas amanhã (23/11/11) com ato às 13 horas na SME, concentração na Praça Roberto Silveira.

* CONTRA A SUPERLOTAÇÃO DAS NOSSAS TURMAS;

* CONTRA A REDUÇÃO DO EJA;

* POR MATERIAL E OBRAS NAS ESCOLAS;

* CONTRA A FALTA D’ÁGUA;

* POR AUMENTO DA VERBA PRA EDUCAÇÃO;

* POR AMPLIAÇÃO IMEDIATA DA REDE.

Maiores informações: Secretaria de Comunicação Sepe- Caxias   7712-8256 ( Ricardo Fonseca )

Anúncios

2 Comentários

  1. ROBSON said,

    23 de novembro de 2011 às 12:40

    Uma coisa que irrita profundamente, mais especificamente aqui em Caxias, é essa falta de investimento em Educação e outros serviços incompatível com a arrecadação bilionária do Município.
    Os Governantes têm que acabar de vez com essa “cultura” de distribuir “esmolas” e não se eximir da sua responsabilidade de aplicar obrigatoriamente os recursos. Somos taxados ou não ? Portanto é obrigação do Poder Público investir nos Serviços Públicos essenciais, simples assim.

  2. FERNANDO said,

    24 de janeiro de 2012 às 10:27

    Estamos no limear do ano letivo e esse governo não lança o Concurso público que o mesmo anunciou. Temos poucos professores…muitos alunos e nenhuma vergonha na cara por parte desses gestores. Só para lembrar foi a própria Secretaria de Educação Roberta Barreto, que entre um gritinho de extase e outro na defesa de Zito, quem anunciou na última audiência pública a realização do concurso e até agora nada. Fábio..sugiro que toque nessa questão em seu blog. èé uma bomba relógio se avizinhando…

    Abraços e parabéns pela defesa da cidadania em nosso município.

    OBS: Se me permite outra sugestão cabe também apresentar a seus leitores a situação trágica e inexplicável da FEUDUC….Vai uma dica…no dia 09 de fevereiro as 18 horas ocorrerá, segundo fui informado, uma reunião com os “AFUNDADORES” da instituição.Cabe uma chamada para alunos atuais e ex-alunos para exercer uma pressão sobre os mesmos…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: