Movimento entrega 25 mil assinaturas contra o aumento das passagens de ônibus em Duque de Caxias

Membros do Movimento Caxias de Cara Nova entregam cerca de 25.000 assinaturas contra o aumento das passagens em Duque de Caxias. Fotos: Wesley Teixeira.

Integrantes do Movimento Caxias de Cara Nova entregaram à Prefeitura de Duque de Caxias cerca de 25.000 assinaturas contra o aumento das passagens na cidade. A mobilização aconteceu nessa terça-feira (13/12), na sede da Prefeitura. O grupo foi recebido por Jayme Baptista, secretário especial do prefeito José Camilo Zito. Durante a reunião, na presença de integrantes do movimento, os manifestantes solicitaram que fosse transmitida ao prefeito a insatisfação popular com os sucessivos aumentos anuais de tarifa. Afirmaram que Zito deve interromper esse processo em 2012, além de atender a outras reivindicações emergenciais para melhoria do transporte público em Duque de Caxias.
Fabio Pereira, professor e coordenador do movimento, explica que o ciclo de recolhimento de assinaturas durou quase um ano, iniciado em janeiro desse ano, “foi uma árdua tarefa, mas também edificante”.
Enquanto os cariocas pagam R$ 2,50 no Bilhete Único para viajar em dois ônibus num intervalo de até duas horas entre cada embarque, os passageiros de Duque de Caxias continuam pagando as tarifas mais caras da Região Metropolitana, mesmo numa linha com menos de 10 km, como é o caso da linha “Centenário/Hospital Infantil”, no primeiro Distrito. O preço da passagem mais barata subiu novamente sem qualquer justificativa, no início desse ano, de R$ 2,35 para R$ 2,50. Existem moradores na cidade que chegam a pagar até R$ 4,35 em uma linha municipal com percurso menor que muitas linhas do Rio.
Enquanto isso, passageiros da Zona Oeste do Rio, por exemplo, têm direito a uma segunda passagem com o bilhete único para qualquer outro destino, pagando apenas uma tarifa. Além da diferença do valor cobrado por passageiro/quilômetro, as pessoas são obrigadas a viajar em ônibus superlotados, sem horário regular, com janelas quebradas e bancos rasgados, sem qualquer conforto, como se fosse gado a caminho do matadouro. “O transporte público em Duque de Caxias está completamente entregue aos empresários do setor, desde a fiscalização de horários e condições dos ônibus, até a decisão sobre o aumento das passagens. Não existe uma presença decisiva da prefeitura, muito menos a população é ouvida. É a raposa tomando conta do galinheiro”, enfatiza Fabio Pereira.
Pela visão do Movimento Caxias de Cara Nova, essa significativa parcela da população que aderiu ao abaixo assinado representa o sentimento da maioria do povo duque caxiense. Nesse período foram ouvidas desde críticas à ausência do poder público na fiscalização até sugestões. A pauta de reivindicações foi encaminhada ao prefeito da cidade:
> Preço justo da passagem com audiência pública e debate em cima das planilhas de custos dos empresários e análise de técnicos isentos ao empresariado;
> TARIFA ÚNICA e BILHETE ÚNICO municipal em Duque de Caxias;
> Regularidade e ampliação dos horários dos ônibus;
> Fiscalização da Prefeitura nas linhas municipais;
> Qualidade nos ônibus e na condução dos motoristas;
> Respeito ao direito dos idosos, dos deficientes e dos estudantes.
> Fim dos motoristas que acumulam a função de trocador, gerando insegurança aos passageiros e desemprego pelo supressão de um trabalhador.
Caso não haja sensibilidade do prefeito com a melhoria do transporte público na cidade, através da liberação de qualquer valor de aumento de passagem na cidade, o Movimento Caxias de Cara Nova promete ampliar as mobilizações e buscar outras entidades para fortalecer a luta.

Fotos: Wesley Teixeira

Representante do prefeito de Duque de Caxias recebe alguns membros do Movimento Caxias de Cara Nova.

Momento da entrega as assinaturas contra o aumento das passagens de ônibus em Duque de Caxias.

Anúncios

4 Comentários

  1. Jacqueline Santos said,

    14 de dezembro de 2011 às 20:19

    Agora vamos torce para que “nossos” governantes façam algo pelo povo da Baixada, parabens!!!

  2. moisés verissimo said,

    15 de dezembro de 2011 às 7:27

    Vontade deve se transformar em ação. Valeu ” Caxias de cara nova”

  3. ROBSON said,

    19 de dezembro de 2011 às 9:07

    Belo trabalho do “CAXIAS CARA NOVA”! Parabéns Fábio, Camila, Wesley, David, Merley, Lidi, Carla, Vera, Marcos, Lucinha, Ivanete, Maury, Leninha, Bender, Tuninho, Taz, Paulo Ramos e todos que mesmo de longe ajudaram de alguma forma, seja divulgando o movimento nas ruas, escolas e bairros, seja mobilizando a população a participar.
    Valeu!

    • Ludmylla said,

      3 de janeiro de 2012 às 0:04

      Que absurdo!!!
      O “prefeito” não recebeu o grupo, mandou um secretário.
      Ou seja, ele literalmente cagou e andou p/ a população.
      Qdo vi o manifesto em Sta Cruz da Serra, na feira de domingo, logo assinei, mas percebi que as pessoas não assinavam por medo.
      No manifesto em maio, o “prefeito” mandou seus capangas, ops… fiscais impedirem o manifesto e acabou com o movimento que queria tarifa única.
      Lamentável que o povo não veja isso e aceite passivamente essa situação. Por isso que eu quero me mudar daqui o quanto antes. Não dá pra pagar R$4,20 de Sta Cruz da Serra p/ o Centro de Caxias todos os dias.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: